Seniores – 2ª mão da II Eliminatória da Fase Final da Taça da AFP (vs. CRCD Varziela)

A Festa da Bola que nos aqueceu a alma e resfriou os pés

Fomos a Varziela numa Sexta-Feira Santa assistir in loco à festa do futebol, o Sport ganhou o jogo e a eliminatória, o Varziela ganhou a admiração e a simpatia de muitos Riotintentes e nós ganhamos uma constipação.

Pré-Jogo

Saímos de Rio Tinto com mais de uma hora de avanço para o ínicio da partida, um impermeável, guarda-chuva e uma muda de roupa na mala não vá o diabo tecê-las. Fazemos a deslocação mais longa desta época sob um céu cinzento e sob a constante ameaça de temporal. Chegamos a Varziela no preciso momento em que S. Pedro decidiu abrir as comportas. Entre o local onde estacionamos o carro e a entrada do campo do CRCD Varziela 1982 (coisa de 200 metros) já tínhamos a roupa interior ensopada (apesar do guarda-chuva e do impermeável). Entramos no bar da equipa local e a festa já está em andamento com boa disposição, alegria e muita simpatia por parte dos locais. Somos encaminhados para uma sala onde podemos ver a bola sem estar à mercê dos desejos de S. Pedro. O Varziela joga num terreno pelado, extremamente pesado devido às intempéries dos últimos dias.

Macieira, Pina, Hugo, Jorge, Machado, Ricardinho, Carlos, Diogo, Kennedy, Fred e Boni

Macieira, Pina, Hugo, Jorge, Machado, Ricardinho, Carlos, Diogo, Kennedy, Fred e Boni

O Sport traz algumas novidades no onze, alinha com Luís Pina, Hugo, Jorge, Boni, Macieira, Fred, Carlos Sousa, Machado, Ricardinho, Diogo e Kennedy. Pina, Fred e Machado a terem aqui oportunidade de mostrar serviço e Kennedy a ser chamado da equipa de juniores (juntamente com Ruben que viria a entrar na segunda parte da partida).

Primeira Parte

Os primeiros minutos de jogo foram marcados por muita chuva e por muita disputa de bola mas sem grandes oportunidades de parte a parte. Aos 26′ Machado a criar perigo na baliza local na marcação de um livre, no canto resultante Carlos Sousa tem um remate de belo efeito técnico mas novamente a bola a ser desviada para canto.

Ricardinho a inaugurar o marcador

Ricardinho a inaugurar o marcador

Aos 33′ Ricardinho, numa jogada individual, driblou vários jogadores, entrou dentro da área e abriu o marcador com um daqueles golos que cá de fora até parece que foi fácil. O Sport ia controlando o jogo, Machado e Carlos Sousa no miolo de terreno a tentarem construir jogo junto com Ricardinho e Diogo nas alas. O terreno nunca foi favorável ao estilo de jogo que o Sport costuma pautar mas ainda assim houve claro ascendente Amarelo e Preto na primeira parte.

Lance do ataque do Sport

Lance do ataque do Sport

Perto dos 40′ Machado e Diogo tiveram ambos remates de fora da área que pouco ao lado passaram da baliza dos visitados e já no final do primeiro tempo Flávio Pinto tem um bom remate à baliza de Pina mas a bola vai ligeiramente ao lado.

Os adeptos do Varziela ocupam a varanda do bar e fazem a festa durante toda a primeira parte, há bombos, cantigas ao desafio e cânticos improvisados no momento, temos direito a acordeões e a determinada altura alguém canta que ou o Varziela ganha por 7 bolas ou fazem coisas ao presidente local que não posso aqui descrever, cantaram ainda o “mãe querida”.

Intervalo, Ambiente e Bar

O clima de festa e boa disposição em Varziela é contagiante. Os cânticos são constantes e podemos ver velhos e novos, homens e mulheres, todos juntos na festa do futebol. Aproveitamos para nos hidratar e conhecer um pouco da história do clube local. Já competiram na AF Porto, andaram pelo Campeonato de Futebol Popular de Felgueiras e estão de volta à AFP. Contam-nos que apenas existe escalão de seniores mas querem abrir novos escalões já na próxima temporada. Por esta altura a chuva abranda e voltamos para junto do pelado.

Sardoniscas Verdes a fazerem festa

Sardoniscas Verdes a fazerem festa

Segunda Parte

Aos 53′ a equipa local tem um ataque perigoso pela ala direita que termina num canto. 2 minutos volvidos e Serafim Pinto tem um bom remate mas a bola volta a sair ligeiramente ao lado da baliza de Pina.

Kennedy e Ruben os dois juniores que alinharam pelo Sport

Kennedy e Ruben os dois juniores que alinharam pelo Sport

À passagem da hora de jogo Pedro Ferreira faz entrar Andrézinho, Simão e Ruben por troca com Boni, Ricardinho e Fred. Apenas 2 minutos em campo e Ruben faz o segundo para o Sport, uma bela estreia a senior deste ainda junior da formação Riotintense. 

Flávio Russo a marcar para a equipa local

Flávio Russo a marcar para a equipa local

Aos 65′ o CRCD Varziela beneficia de um livre na esquerda do ataque e Flávio “Russo” penteia a bola para dentro da baliza de Luís Pina. Não sabemos muito bem se a bola entrou directa do livre ou se “Russo” chegou mesmo a tocar-lhe o que sabemos é que a massa adepta dos locais festejou como se do golo da vitória se tratasse, a festa da bola mantinha-se forte nos arredores de Felgueiras.

Passado apenas 1 minuto Simão tem um belo remate mas desenquadrado com a baliza. Perto dos 70′ de jogo Diogo e Macieira abandonam o terreno de jogo por troca com Pedro Rocha e Bruno Teixeira. Aos 73′ Gonçalo Oliveira a corresponder a um canto com um bonito cabeceamento mas sem surtir efeitos prácticos.

Após o 1-2 a equipa local aventura-se mais no terreno, equilibrando a partida e tentando chegar ao empate. No entanto seria Simão a facturar para o Sport com um cabeceamento de belo efeito à passagem do minuto 75, servido por Machado (achamos nós) na marcação de um livre. 

Perto dos 80′ Gonçalo Oliveira volta a ter um belo remate à baliza do Sport mas sem consequencias de maior. 

A chuva volta em grande força e somos obrigados a procurar abrigo. Por esta altura reparamos que o Presidente do Sport se apropriou do nosso guarda-chuva para não se molhar, aquele chuço que lá no trabalho toda a gente diz que é de menina por ser às bolinhas e fazem pouco de nós por o usarmos. Até tinhamos outro que era mais de menina mas alguém se apropriou dele sem permissão. É o nosso guarda-chuva, até podia ser cor-de-rosa com desenhos da Hello Kitty, desde que nos proteja a moleirinha da chuva, por nós está tudo bem, até serve para abrigar o Presidente de uma instituição tão nobre como é o SC Rio Tinto vejam lá vocês. Entretanto Bruno Teixeira fecha o marcador da partida a poucos minutos do final da partida.

Galeria

Final do Encontro, Destaques e Táctica de Bancada

O jogo termina pouco depois e o ambiente dentro e fora do campo é de festa, alegria, respeito e admiração. Voltamos ao bar local onde tiramos as últimas notas, re-hidratamos o corpo e assistimos ao continuar da festa local que não parece finalizar tão cedo. Dentro em breve os jogadores do Sport juntam-se à festa e assistimos a uma comunhão futebolística que já não víamos há muito tempo.

É de louvar que num país onde as “principais” competições de futebol são fustigadas de corrupção, violência, anti-desportivismo, denúncias e insinuações de mau-carácter se tornaram numa quase telenovela brasileira de mau gosto exista uma colectividade que faça do futebol (e do desporto) a festa que deve ser. Não podemos poupar elogios à forma como fomos recebidos, à festa da bola a que presenciamos e ao prazer que foi visitar Varziela. Temos a certeza que o CRCD Varizela 1982 ganhou admiradores, adeptos e amigos em Rio Tinto.

Voltamos para Rio Tinto com os pés molhados e frios mas com a alma quente. Fica a promessa de voltarmos a Varziela, talvez quando o tempo melhorar e quando convencermos a Maria que agora a bola vai incluir os sábados para além dos domingos. 

Final do encontro

Final do encontro

A equipa do Sport sofreu várias alterações para esta partida mas todas peças estiveram num bom plano geral. A defesa esteve num bom plano, Jorge continua na senda da melhor época desde que equipa de Amarelo e Preto, Carlos Sousa e Machado a pautarem bem o jogo e a criarem várias oportunidades, Ricardinho e Diogo estiveram francamente bem nas alas. Kennedy teve uma boa estreia na frente de ataque, ficando a faltar apenas o golo. Luís Pina teve uma tarde calma e segura e Fred esteve bem à frente da defesa. Ruben entrou e marcou, não pode haver estreia melhor e ainda teve mais uma ou duas oportunidades de marcar. Simão entrou francamente bem (mais avançado no terreno do que é costume) e conseguiu um belo golo. Andrézinho e Rocha jogaram a defesas e não comprometeram.

Próxima Partida

A próxima eliminatória da Taça dizem que vai ser disputada ante o Pedrouços AC que nesta eliminatória defrontou e eliminou a equipa GD Águas Santas e que ocupa o 10º lugar da tabela classificativa na Divisão de Elite da AF Porto.

Na próxima partida o Sport recebe o Padroense que curiosamente tem o mesmo número de pontos que o Sport. Uma vitória poderá cimentar o Sport na quinta posição da tabela e a respectiva aproximação aos lugares cimeiros.

Esta crónica/sátira é exclusivamente da autoria do Sérgio que não percebe nada de bola, vê mal ao longe, escreve como aprendeu na escola (sem AO) e não aceita (nem faz) crónicas/sátiras por encomenda.

Comentários

Deixe uma resposta