12079553_462317210559873_2203497076059527026_n

O Sport alinhou com:
1-Ivo, 4-Vítor Hugo, 5-Jorge Pereira, 14-Pedro Rodrigues e 20-Costinha.
6-Andrézinho, 17-Lato Djaló e 10-Jean.
7-Maga, 18-Rui Teixeira e 30-Bruno Teixeira.
Alinharam ainda João Pereira, Pablo e Madja.

O Sport recebeu o 18º classificado Vila Meã, equipa que está a atravessar um momento difícil vinda de 4 derrotas consecutivas. No entanto, o Vila Meã mostrou nesta tarde que a classificação que ocupa não faz de todo jus à qualidade que a equipa tem.

O Sport a precisar de vitórias para se colar aos da frente entrou forte na partida e podia ter inaugurado cedo o marcador. Dois cantos logo a abrir com o guarda redes forasteiro a tirar a bola em cima da linha em grande estilo no segundo, e uma bola à trave no seguimento de um cabeceamento de Bruno Teixeira mostravam que o Sport não queria facilitar.

No entanto seria o Vila Meã a inaugurar o marcador aos 17′ pelo nº 14 Pataco que finalizou de pé esquerdo uma boa jogada de ataque, não dando hipótese a Ivo.

O Sport só reagiria no final da 1ª parte, encostando o Vila Meã na sua área mas sem criar grandes situações de perigo.

A 2ª parte iniciava-se com um enorme balde de água fria. Pedro Rodrigues via o segundo amarelo por rematar à baliza já com a partida parada e tudo parecia mais difícil para o Sport poder voltar ao jogo. No entanto, uma agressão do ponta de lança do Vila Meã Fabrice e consequente expulsão equilibrava novamente a contenda à passagem dos 55′.

Aos 66′ os visitantes ainda criaram perigo num contra ataque, mas João Pereira (entrado ao intervalo) esteve excelente no corte. A partir daí só deu Sport na procura do empate.

Mas este era um jogo para sofrer e foi preciso esperar pelos 85′ para vermos o empate. Em grande abertura de Pablo pelo solo, Bruno Teixeira apareceu isolado e não perdoou na saída do guarda redes. E passados dois minutos em mais um espetacular passe, desta vez por Madja pelo ar, Bruno Teixeira com um toque de classe colocou a bola na baliza fazendo a reviravolta no marcador (10º golo da época, 5º no campeonato) e colocando a bancada em delírio. Duas assistências saídas do banco e dois golos de Bruno Teixeira, em mais uma grande exibição.

Até final e porque ainda houve 5 minutos de compensação, foi preciso saber sofrer pois o Vila Meã não baixou os braços e tentou o empate.
Mas era dia de vitória riotintense com mais 3 pontos somados neste difícil campeonato num encontro de grandes emoções.

No final da partida o Treinador Sérgio Machado deixou-nos a sua opinião sobre a partida:

Em primeiro lugar quero destacar a entrega, a crença e a disponibilidade dos meus jogadores para conseguirem esta vitória importante. Este grupo de trabalho tem sido fantástico e a equipa técnica está orgulhosa por tudo o que os jogadores alcançaram até hoje.
Em relação ao jogo, entramos com um atitude forte à procura do golo que não apareceu por mérito do Guarda-redes do Vila Meã. Contra a corrente do jogo o Vila Meã consegue adiantar-se no marcador.
Entramos na 2ª parte com o sentimento que iríamos conseguir dar a volta ao resultado, o que veio a acontecer perto do final. O resultado é plenamente justo, analisando o que se passou nos 90 minutos.
Aproveito para agradecer o apoio fantástico da nossa massa adepta, que muito ajudou, acreditando sempre na equipa e empurrando-a para a reviravolta no marcador.

Na próxima jornada, o Sport desloca-se à Lixa para defrontar o 12º classificado que tem menos dois pontos que nós.

Resumo vídeo:

Resultados da jornada 9 e classificação:

[phpleague type=fixture id=259]

 

[phpleague id=12 type=table latest=true style=general]

Comentários

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.